Exportações de Birigui em 2017 superam expectativas

Publicado em 09 de Janeiro de 2018

O número de exportações no ano de 2017 dobrou em Birigui. É o que mostra a Pesquisa do Polo, realizada pelo Sindicato das Indústrias do Calçado e Vestuário de Birigui (Sinbi) e que traz os principais números econômicos do setor, tais como emprego, produção e exportações.

Em 2016, apenas 3,1% da produção biriguiense foi para o mercado externo, enquanto em 2017 o volume foi de 6,28%. O presidente do Sinbi, Carlos Mestriner,  explica que no início da crise em 2016, uma das estratégias adotadas pelo sindicato para contribuir na reversão de resultados negativos do polo foi incentivar a internacionalização das marcas. Seja com entidades parceiras, consultorias e palestras, levar a capacitação sobre como comercializar para outros países e desmistificar esse processo estiveram no foco dos trabalhos da entidade.

“Há dois anos enfrentamos um mercado interno retraído, com alto desemprego e adversidades no cenário político que impactaram negativamente a economia como um todo. Para que não houvesse uma queda mais drástica na produção da indústria, a saída foi se abrir para buscar novos mercados. Esse caminho requer preparo. As transações internacionais são muito exigentes e é preciso compreender suas peculiaridades para não usar a exportação como uma estratégia de curto prazo, o que seria ruim”, explica Mestriner.

Mas o aumento de produtos vendidos para outros países não foi suficiente para evitar uma queda na produção. Em 2017, a indústria calçadista de Birigui produziu 45.917.000 pares no ano, uma média de 189.742 pares por dia. Em comparação a 2016, esse resultado representa uma queda de 2,5%. Consequentemente, houve uma diminuição nos empregos; em 2016 a indústria do calçado empregou 14.490 trabalhadores, enquanto em 2017 foram 13.836 empregos diretos.

O presidente do Sinbi aponta que em 2018 o foco do sindicato deve ser na busca de novos modelos e caminhos para distribuição dos produtos do polo. O esforço tem propósito de garantir mais vendas, consequentemente empregos e girar a economia. Confira os números:

 

Ano 2016 2017
Produção de pares / diária 194.462 189.742
Produção de pares / ano 47.059.000 45.917.000
Exportações 3,1% 6,28%
Empregos diretos 14.490 13.836

 

Indústria e varejo comemoram

A tímida recuperação registrada na demanda doméstica por calçados, tanto no mercado interno como internacional, animou os calçadistas para 2018. Embora o clima seja de cautela, pois trata-se de um […]

Birigui vai abrigar sede regional do Sicredi

Primeira Instituição Financeira Cooperativa do Brasil pretende fortalecer o desenvolvimento da região A cidade de Birigui, localizada no noroeste paulista, é destaque nacional no segmento de calçados, especialmente femininos e infantis, […]

Cadastre-se e receba novidades!

+55 (18) 3649-8000
sindicato@sindicato.org.br
sinbi.birigui
SINBIBirigui
2017 - Sinbi Birigui - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por: DLS/ Comunicação