Renovado, Projeto Comprador Birigui surpreende visitantes

Publicado em 01 de Fevereiro de 2018

A comodidade e o amplo espaço para cada marca mostrar seus produtos marcaram a 15ª edição do Projeto Comprador Birigui. Nos anteriores, o evento foi realizado na sede do Sindicato das Indústrias do Calçado e Vesturário de Birigui; em 2018 aconteceu nos dias 30 e 31 de janeiro, no Hotel Ibis Styles Birigui. Isso possibilitou sair do limite de 40 expositores para 64. Cada expositor ocupou um quarto do hotel, totalizando três andares do hotel, especialmente organizados para receber os lojistas.

Samir Nakad, presidente do Sinbi, acredita que a rodada de negócios, que já se consagrou como a maior do interior paulista, estimula a economia do polo.  “Esse evento visa garantir a nosso município a possibilidade de ter o que produzir em fevereiro, e creio que até em março, em consequência das negociações que acontecem nele. Tudo contribui para que Birigui possa produzir mais, esperamos uma melhora natural da economia, um ano melhor. Também agradecemos aos parceiros e patrocinadores, pois sem eles esse projeto seria prejudicado”, diz Samir.

O Projeto Comprador é uma realização do Sinbi, que conta com o subsídio da Prefeitura de Birigui para as empresas que se enquadram conforme a lei municipal nº 6.365/2017, de 18 de maio de 2017. O Sebrae-SP também é um apoiador que contribui com o subsídio às indústrias participantes do programa “Setor Segmento”. Também tem o apoio da Associação Brasileira dos Lojistas de Artefatos e Calçados (Ablac), Sindicato das Indústrias do Calçado de Jaú, Revista Polo e patrocínio do Sicredi.

Nelson Giardino, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), acredita que o evento também contribui para colocar Birigui na rota do turismo de negócios. “Nossa preocupação é social, pela manutenção dos empregos,  e se possível, novas contratações, isso é muito importante. Por isso, a prefeitura investe nesse evento. Também temos a movimentação do turismo de negócio, pois esses compradores vêm à cidade, gastam em nossos restaurantes e movimentam outras economias”, destaca Giardino.

Caetano Bianco Neto, presidente do Sindicado das Indústrias do Calçado de Jaú, acredita que o perfil de evento incentiva muito o pequeno industrial. “O projeto estava bem estruturado, a fórmula no hotel deu muito certo e acredito no estreitamento do relacionamento entre os sindicatos. Essas pequenas motivações são importantes para alavancar vendas, principalmente para lojistas regionais. Motiva muito os empresários a seguirem esse caminho e futuramente participarem de outras feiras. Durante a visitação, conversei com alguns fabricantes de Jaú, eles estavam contentes com a participação”, disse o presidente.

VISITANTES

Cristina dos Santos Soares, gerente de compras da Brascol, atacadista de São Paulo, aproveitou para conhecer possíveis parceiros. “Foi minha primeira vez no projeto, achei um formato interessante, são fornecedores menores, marcas novas e prospectei bastante coisa sobre desenvolvimento. Porque hoje a Brascol também vende produtos de marcas próprias e queremos desenvolvê-los com o pessoal do polo. Encontramos muita coisa interessante de moda e tecnologia”, descreve a gerente.

Diego Souza, da Souza Calçados, de Ourinhos, veio pela primeira vez a Birigui, gostou do evento e pretende voltar na próxima edição. “Achei muito bem organizado, expositores atendendo bem, preços legais, fiz bons negócios. Por isso, indico e no próximo estarei de novo”, conta o visitante.

“Foi ótimo, gostei e pretendo voltar. Muito mais fácil escolher, não é como comprar com o representante”, diz Noel Nunes Farias, da empresa A Esquina Calçados, de Ourinhos.

Para o empresário Francisco Carlos Rodrigues da Silva, diretor da marca Hanna Carmela, que participou da rodada de negócios pela primeira vez como expositor, o balanço foi positivo. “Foi muito proveitoso, os que mais compraram já eram clientes da fábrica, mas, também tivemos a abertura de novos. Os clientes gostaram, de maneira geral, desse formato novo, ficou legal. A gente sai satisfeito, com um resultado satisfatório”, descreve o expositor.

Márcio Dias, vendedor pela marca Happy Girls, de São José do Rio Preto elogia o formato da rodada. “A gente já frequenta feiras de São Paulo, que tem um volume maior de gente e aqui achei bem interessante a organização. Outro ponto é que o lojista vem de porta em porta, com mais tempo, conhecendo fornecedores mais novos”, acredita Dias.

 

Texto e foto: Micheli Amorim

Facilita Conteúdo / assessoria de imprensa do Sinbi

Fórum Fimec: Moda e Negócios trará conhecimento para os visitantes

O Fórum Fimec: Moda e Negócios é uma das grandes novidades da 42ª edição da Fimec. Pensado especialmente para fornecer informação e capacitação de qualidade ao setor coureiro-calçadista, o evento […]

Fimec falará de moda em Fórum inédito

Evento contará com a presença de Alexandre Herchcovitch Os profissionais da moda já tem encontro marcado no dia 6 de março. Em paralelo com a 42ª edição da Fimec (Feira […]

Cadastre-se e receba novidades!

+55 (18) 3649-8000
sindicato@sindicato.org.br
sinbi.birigui
SINBIBirigui
2017 - Sinbi Birigui - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por: DLS/ Comunicação